Saúde

Dentistas não querem que você saiba: Um truque que elimina Tártaro sem gastar nada!

O que é Tártaro?
Tártaro, as vezes também chamado de cálculo dental, é a placa bacteriana ou biofilme dental que endurece na superfície dos dentes. O tártaro também pode se formar sob a gengiva e irritar os tecidos gengivais.

Além disso, o tártaro dá à placa bacteriana um espaço maior e propício para o seu crescimento, o que pode levar a problemas mais sérios como a cárie e gengivite.

PUBLICIDADE

O tártaro não só prejudica a saúde dos seus dentes e gengiva, mas também é um problema estético. O tártaro, por ser poroso absorve as manchas com mais facilidade.

Assim, para aquelas pessoas que fumam ou tomam chá ou café, é ainda mais importante que evitem a formação do tártaro.

Como evitar a formação do tártaro?
Somente a escovação correta, especialmente se feita com a ajuda de um creme dental antitártaro e o uso do fio dental podem reduzir a formação da placa bacteriana e do tártaro.

Depois de formado, só o dentista pode retirar o tártaro dos dentes. O processo de retirada do tártaro, feito com instrumentos especiais, é conhecido como “raspagem”.

PUBLICIDADE

Para acabar de vez com os tártaros escolha um desses e veja o resultado.

Para a primeira receita natural você vai precisar de:

1 colher bicarbonato de sódio
Suco de 1 limão

PUBLICIDADE

Coloque os ingredientes dentro de um recipiente, faça o bochecho, deixe atuar por alguns minutos sem engolir. Jogue fora a mistura e escove os dentes normalmente.

Após a escovação, lave a escova de dente e escove os dentes sem a pasta, no sentido circulatório.

Escovar os dentes com cartão aditivado comprovou clarear os dentes em três tons.

Esmague um comprimido de carvão, mergulhe sua escova de dentes molhada (e limpa) nele e escove os dentes, como o faz diariamente.

Escovar por 2 minutos não é efetivo a menos que tenha a técnica correta. Use movimentos curtos e suaves enquanto escova e assegure-se de escovar até a linha da gengiva e dentes posteriores, áreas difíceis de alcançar.

Comece pelas superfícies externas dos dentes; escove o topo dos dentes e daí vá para as superfícies externas de baixo. Repita isso para as superfícies internas. Use a ponta da escova quando escovar a parte de trás dos dentes da frente.

Então, escove as superfícies de mastigação dos dentes superiores e inferiores.

Todas as vezes que você escovar os dentes e passar fio dental, termine sua rotina de cuidados dentários com uma limpeza da língua. No mínimo, limpe sua língua uma vez de manhã e uma vez à noite antes de deitar.

A dentista revela uma dica para não sofrer tanto com esse ritual. “A limpeza não é difícil de se executar e pode ser feita somente na primeira escovação do dia, já que o paciente está em jejum e, com isso, reduz a ânsia de vômito”, explica.

Após escovar os dentes, você pode cuspir o excesso de creme dental sem enxaguar e escovar a língua, utilizando apenas o resto do creme que restou na boca e nas cerdas da escova.

Depois, é só lavar a boca com água para dar início a segunda etapa da limpeza: o raspador.

“Coloque a língua pra fora, deixando os músculos enrijecidos, e passe o raspador de língua para que ele remova toda a sujeira que a escova ‘varreu’, mas não removeu por completo”, instrui a periodontista.

Mais Lidas de Saúde